Por que é importante ter uma boa identidade visual?

blog-por-dentro-de-um-retrato-identidade-visual-para-fotografos

Pense em uma identidade visual ou marca de qualquer empresa. Qual foi a primeira que você lembrou? Provavelmente, você imaginou a que mais gosta, usa ou se identifica.

Nesse artigo, quero falar da importância de valorizarmos essa parte no nosso negócio. Para começarmos, quero explicar alguns conceitos, pois existe uma diferença entre identidade visual e marca.

A identidade visual é tangível, pois você pode ver, tocar e observar. É uma representação gráfica dos seus valores e daquilo que sua empresa é. Ela é um elemento de diferenciação no mercado.

Uma marca é além de elementos visuais, cores e texturas. Ela busca ter uma ligação emocional com seu público. As pessoas não se encantam exatamente pela forma que uma identidade visual tem, mas pelo que ela é e o que construiu ao longo do tempo. Ela tem o poder de envolver e fazer com que as pessoas se apaixonem e confiem no produto.

Sua marca é aquilo que as pessoas falam que você é.

Só por essas definições básicas, você já percebe o valor de ter uma boa identidade visual e construir uma marca, não é mesmo? Mas, esses conceitos precisam estar ligados. Não adianta termos uma identidade visual linda, que transmite segurança, cuidado e profissionalismo se nosso trabalho, atendimento e tudo mais não estar de acordo.

A marca da sua empresa precisa “funcionar”.

Funcionar em todo os processos. Desde seu cartão de visita, site, blog, redes sociais, fotografia, entrega e atendimento. Tudo precisa ser coerente e com o mesmo padrão. Se você é fotógrafo, aconselho a ter uma boa identidade visual sim, criada por um profissional qualificado que consiga demonstrar em elementos gráficos aquilo que você é.

Em um mercado competitivo como o nosso, transmitir uma boa imagem é fundamental para se destacar, mas não o suficiente para fazer com que as pessoas se apaixonem. Analise como está a sua comunicação. Ela realmente “fala” sobre quem você é o sobre o seu trabalho? Quem sabe está na hora de repensar sua identidade visual.

Comece pelo início. Busque saber como você quer ser visto no mercado, o por quê você fotografa, quais os valores que quer transmitir e qual o tipo de público você pretende atrair. Pense sobre como deseja ser lembrado para criar uma identidade visual coerente.

O designer que criar sua identidade visual, precisa escolher cores, formas, tipografias e estilos a partir dos seus objetivos. Uma dica: tente fugir um pouco dos desenhos de câmera e obturador. Não é errado, mas já conhecemos muitas assim. Seja criativo junto com o profissional que irá criar isso para você e se diferencie.

Ter uma boa comunicação é um grande passo para a nossa boa divulgação. Pense em quantas identidades visuais vemos todos os dias. Não queremos ser só mais uma, desejamos ser únicos, não é mesmo?

Espero que esse artigo tenha sido útil para você. Se você gostou deixe um like, comente e compartilhe com seus amigos.

Abraços!